Destaques — 11 de outubro de 2017

2017 debate a insegurança alimentar de migrantes

 

Nesta segunda-feira (16) é comemorado o Dia Mundial da Alimentação, instituído pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO – Food and Agriculture Organization). A FAO visa elevar os níveis de nutrição e de desenvolvimento no mundo e, a cada ano, escolhe um tema para celebrar a data.

Em 2017, o tema é “Mudar o futuro da migração: investir em segurança alimentar e no desenvolvimento rural”. Assistimos diariamente pela TV , o sofrimento de milhares de pessoas – homens, mulheres e crianças – em situação migratória provenientes do Oriente Médio e norte da África, Ásia Central, América Latina e Europa Oriental.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o perfil dos migrantes é o seguinte: grande parte deixou seus locais de origem para fugir de conflitos, perseguição e desastres naturais ou como uma saída para escapar da pobreza. Em todo o mundo, há cerca de 244 milhões de migrantes internacionais e 463 milhões migram dentro de seus próprios países.

“É oportuno o debate deste tema. Entendemos que é preciso a elaboração de políticas públicas para investir em segurança alimentar e no desenvolvimento rural, inclusive no Brasil”, declara Antonio Vítor, presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do Estado de São Paulo (Fetiasp).

Vítor lembra que o Brasil é um país com muitas riquezas naturais que a população não usufrui. Ainda temos muita  exclusão social. “É preciso promover a distribuição de renda para que todos tenham uma vida digna”, destaca.

Os trabalhadores da indústria da transformação contribuem diariamente para que todos tenham melhor qualidade de vida ao fabricar os alimentos que são consumidos nos lares do mundo inteiro, afirma Vítor.

FONTE: Imprensa Fetiasp

Compartilhe

Sobre o Autor

fabio

Home    /    Conheça a FETIASP    /    Notícias    /    Diretores    /    Webmail    /    Fale Conosco

Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do Estado de São Paulo

Rua Conselheiro Furtado n 987 Bairro Liberdade - Fone:(11) 3273 7300 - 01511-001 - São Paulo- SP